Exortação Cristã - Mensagem evangélica sobre a importância do Cristianismo na sociedade

Exortação aos Cristãos
Texto corrigido e atualizado em 26 de Março de 2005
 

As inúmeras leis, criadas a partir dos anos 80, contradizem vários mandamentos cristãos até então respeitados pela sociedade brasileira. Com as novas leis o Brasil têm experimentado fracassos econômicos, políticos, sociais, pessoais e familiares. A sociedade brasileira está se destruindo lentamente e ainda não percebeu que é porque abandonou os princípios cristãos que promoviam a paz, a decência, a disciplina familiar, a segurança pública e uma relativa prosperidade em nosso país.

Até o início dos anos 80 a parte realmente cristã, da Igreja Católica, influenciava positivamente a sociedade brasileira. A partir dos anos 90, os cristãos católicos saíram de cena deixando a sociedade à mercê de influências claramente pagãs (anticristãs) procedentes de várias origens. Hoje, os cristãos protestantes (evangélicos) já são em grande número e precisam dar sua contribuição política e social também. Já é hora de revertermos a tendência atual e reimplantarmos os princípios cristãos na estruturação brasileira. Os cristãos precisam recolocar a sociedade nos caminhos familiares e sociais ensinados por Deus. A Bíblia, quando interpretada de forma sensata, é um modelo de “Constituição” que certamente levaria a sociedade a colher os frutos de paz e prosperidade que há tanto tempo deseja.

É verdade que Jesus Cristo pode voltar a qualquer momento para levar os escolhidos, mas pode, também, só voltar daqui a 50 anos. Portanto, é da nossa responsabilidade trabalhar até o último minuto para implantar o Reinado de Deus no nosso país, isto é, implantar o modelo educacional, familiar e social ensinado por Deus. Precisamos restabelecer Suas leis (mandamentos), Sua justiça, Sua decência e Seu conseqüente passaporte para o Céu. O Cristianismo, quando confinado em Igrejas (sem a respectiva prática por parte da sociedade e por parte do governo), torna-se pouco produtivo.

Além disso, Jesus Cristo comentou que não se ilumina um ambiente de baixo para cima, mas sim, de cima para baixo (Mt. 5: 14-15; / Lc. 8: 16; / Lc. 11: 33). Então, os cristãos precisam reagir e se colocar nos pontos mais altos da sociedade a fim de que, de cima, esclareçam (iluminem) a todo o povo tal como ocorre na maioria dos países protestantes. Na Suécia, Inglaterra, Dinamarca, Finlândia, Noruega, Estados Unidos, Islândia, etc., os líderes sociais e políticos são em geral cristãos protestantes, eventualmente católicos, mas não ateus nem pagãos.

A estrutura social brasileira (código civil, constituição, leis ordinárias etc.) tornou-se muito mais pagã do que cristã. A liberdade de caráter cristão foi substituída pela libertinagem pagã. É verdade que o número de crentes protestantes (especialmente evangélicos pentecostais) tem aumentado bastante nas últimas décadas. No entanto, ainda não estamos influenciando a sociedade suficientemente para restabelecer os princípios cristãos, na família, na educação e na estruturação social do país.

Hoje, nós, cristãos protestantes, já estamos em número suficiente para dar início a essa tão importante tarefa. Precisamos trabalhar firme para reverter a tendência pagã (tendência ao modelo gentio) que o país vem assumindo nos últimos anos. No entanto, temos que, paralelamente, corrigir alguns equívocos existentes no meio evangélico. Só um povo bem preparado conseguirá efetuar a necessária influência cristã nos diversos setores da sociedade brasileira. Precisamos minimizar diferenças e buscar consenso nas pequenas questões que separam as muitas denominações protestantes. A partir do momento que nos conscientizarmos de que, nenhuma denominação é totalmente perfeita, nem a nossa, conseguiremos trabalhar juntos e redirecionar o destino do país e do povo brasileiro. O predador da espécie humana, satanás, quer nos dividir cada vez mais para ficarmos fracos e improdutivos. Não podemos cair nesse tipo de armadilha. Temos que nos unir para salvar a nação dos caminhos pagãos. Já sabemos que “bem-aventurada é a nação cujo Deus é o SENHOR”, ou seja, bem-sucedido é o povo que vive de acordo com os mandamentos do Deus Criador. Portanto, temos muito trabalho pela frente, ou teremos que nos conformar em sermos cidadãos de um país cheio de pobreza, sodomias e violências.

Valvim M Dutra
Autor do Livro Renasce Brasil



 

 
Outras Mensagens
Capitalismo e Prosperidade:
A Bíblia, o capitalismo e a prosperidade protestante.
Protestantismo x Catolicismo x Ateísmo x Paganismo
Artigo explicando a classificação dos diferentes resultados.
A Bíblia e a Democracia:
Estudo sobre Democracia, Saul, Davi e a escolha dos 12 apóstolos.
O Cristianismo bíblico mudando o Brasil:
O verdadeiro Cristianismo e suas principais características.
Conversão da Rede Globo:
Pedido de oração pela conversão ou falência da Rede Globo.
Adoração em Espírito e em Verdade:
Estudo Bíblico explicando o real significado desta expressão.
Evangélicos ou Crentes Protestantes?
Explicação de algumas terminologias cristãs.
Pentecostalismo e Espírito Santo:
Explicação de fenômenos sobrenaturais e pentecostais.
Os Profetas e a Oposição:
Mensagem sobre oposição na Igreja e na sociedade.
A Decadência Americana sob uma Ótica Bíblica:
Artigo explicando os prováveis motivos da atual decadência norte-americana.
Conselhos à Mulher Cristã:
Mensagem encorajando a mulher a resistir às atuais tentações que têm destruído famílias e lares.
 
 
 

  |  Home  |  Bíblia Online  |  Quem Somos  |  Prosperidade e Capitalismo  |  Exortação aos Crentes  |  A Bíblia e a Democracia  |
 
 
|  Projeto Renasce Brasil  |  Proposta de reforma religiosa  |  Protestantes  |  Oração do Pai-Nosso  |
 
 
Copyright - A republicação dos artigos deste site é permitida desde que citada a fonte com um link para a página original.
---